Em reunião nesta quarta, 7, o Comitê de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (Coderf), instância consultiva da RMF, debateu sobre a minuta do convênio interfederativo entre Governo do Estado e os nove municípios da Grande Florianópolis para implantação da Rede Integrada de Transporte Coletivo Metropolitano.

O principal objetivo do convênio interfederativo é viabilizar o sistema de linhas e serviços de transporte público coletivo municipal e intermunicipal nas modalidades terrestre ou aquaviário na região metropolitana da Grande Florianópolis. O documento também trata das paradas de ônibus, concessão da operação das faixas e vias preferenciais ou exclusivas para ônibus conforme contratos de programa que serão estabelecidos com cada município.

“Vamos incluir as observações debatidas hoje pelos integrantes do Coderf para aprovar o convênio no próximo encontro, em abril. Nossa intenção também é iniciar os debates sobre contratos de programa e edital de licitação do sistema de transporte metropolitano”, destacou o diretor técnico da Suderf e presidente do Coderf Célio Sztoltz.

Em fevereiro, o Coderf aprovou o texto do novo projeto de lei complementar estadual que será enviado à Alesc para viabilizar o transporte coletivo metropolitano.

Participaram da reunião representantes das prefeituras de Águas Mornas, Florianópolis, Governador Celso Ramos, São José, São Pedro de Alcântara, Suderf, Secretaria de Estado do Planejamento, Granfpolis, OAB, Fetransesc, Fecomercio, Fiesc e CREA-SC.

Mais informações para a imprensa:
Rosália Dors Pessato
(48) 99150-1222
skype: rosalia.dors