paulo eli

Natural de Rancho Queimado - SC, é filho de Celso Eli e Nelly Steffens, nasceu em 15/05/1958. É casado com Sidirlei da Silva Eli, com quem tem dois filhos – Eduardo e Gabriel. É formado em Ciências Contábeis, Administração e Pós-Graduado em Gestão Fazendária. Especialista em Política e Estratégia pela Escola Superior de Guerra do Ministério da Defesa (Rio de Janeiro 2004).
Foi nomeado por concurso público para exercer o cargo de Fiscal de Tributos Estaduais -FTE, pela Portaria SEF nº 3440, publicado no DOE nº 12368, em 27/12/1983, tomou posse em 04/01/1984, para atuar na USEFI de Águas Mornas. Em 07/11/1985, foi removido para a 3ª Inspetoria Regional de Tributos – Blumenau. Em 15/01/1987, foi designado para prestar serviços de assessoramento técnico na Divisão de Tributação da Coordenação de Fiscalização e Tributação - CFT. Em 09/07/1987, foi designado para prestar serviço na 12ª – Inspetoria Regional de Tributos de Criciúma - IRT. Em 10/02/1999, por remoção interna, foi designado para prestar serviço na Unidade Setorial de Fiscalização de Joinville. No período de 02/01/1995 a 06/04/1998, foi Gerente de Programação, Acompanhamento e Controle, da Diretoria de Planejamento e Coordenação – SEF. Em 02/02/1996, foi designado para compor grupo de coordenação do Projeto 80 – Adoção do novo modelo de gestão nas empresas do Estado. Nomeado Secretário Adjunto de Estado da Fazenda em 07/04/1998 e, permanecendo no cargo até 30/12/1998. Em 01/03/2001, por remoção interna foi designado para prestar serviço na Unidade Setorial de Fiscalização de Florianópolis. Foi Secretário Adjunto da Fazenda em 2003 e Diretor Geral da Secretaria de Administração de 2006 a 2010. Em 09/12/2005, pelo Ato nº 2803, foi convocado para atuar no Gabinete do Secretário da Casa Civil. Em 22/05/2009, pelo Ato 896, de 11/05/2009, foi autorizado a se ausentar do país, para acompanhar delegação da ENA-SC à França. Pelo Ato nº 517, de 25/03/2010, foi nomeado Secretário de Estado da Administração, onde permaneceu até 31/12/2010.   Construiu o modelo da descentralização para o candidato ao governo Luiz Henrique da Silveira (2002) e coordenou a redação da lei da reforma administrativa que criou a descentralização em 2003